Especias Mixtli

Consejos | Trucos | Comentarios

Quem Criou O Fies?

Quem foi o criador Fies?

Em 1999, o MEC criou um novo programa chamado Fies, que substituiu o antigo Crédito Educativo.

Quem foi que criou o ProUni?

Quem foi o criador do ProUni? O ProUni foi criado em 2004, durante o primeiro mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com Fernando Haddad como o ministro da Educação. A primeira edição do programa aconteceu em 2005, oferecendo mais de 112 mil bolsas.

Quando foi criado o ProUni e o Fies?

Quem criou o Prouni? – O Prouni (Programa Universidade para Todos) foi desenvolvido pelo Ministério da Educação (MEC) como iniciativa para ofertar vagas em instituições particulares de ensino superior através de bolsas de estudo de 50% e 100%. Desenvolvido em 2004, através do Projeto de Lei 3.582/2004, de autoria do Poder Executivo, o Prouni (Programa Universidade para Todos) foi criado pela Lei 11.096/2005, de 13 de janeiro de 2005, que, por sua vez, foi regulamentada pelo Decreto n.5.493, de 18 de julho de 2005.

Quem criou o Pravaler?

Oliver Mizne é sócio cofundador da GEO Capital desde 2013 e é também fundador e atual Presidente do Conselho de Administração do PRAVALER. Foi investidor e membro do conselho do IBMEC de 2001 a 2014.

O que foi feito no governo do PT?

Programas sociais e econômicos criados no governo LULA 01) Fies 02) Pronatec 03) Prouni 04) Ciência sem Fronteiras 05) Mais Médicos 06) Farmácia Popular 07) Minha Casa, Minha Vida 08) Bolsa Família 09) Cisternas no sertão 10) Luz para Todos 11) Transposição do Rio São Francisco 12) Reativação do Transporte Ferroviário 13) Ferrovia Norte-Sul 14) Ferrovia Transnordestina 15) Aumento do salário mínimo acima da inflação 16) Água para Todos 17) Brasil Sorridente 18) Pronaf 19) FAT 20) Programa Brasil Sem Miséria 21) Bolsa Atleta 22) Bolsa Estiagem 23) Bolsa Verde 24) Bolsa-escola 25) Brasil Carinhoso 26) Pontos de Cultura 27) Programa Biodiesel 28) SUS 29) SAMU/UPAS 30 Saúde da Família 31) FGEDUC (Seguro do FIES) 32) Casa da Mulher Brasileira 33) Aprendiz na Micro e Pequena Empresa 34) MEI Microempreendedores Individuais 35) Pagamento da Dívida Externa ao FMI 36) Empréstimo ao FMI 37) BRICS 38) Retirada pela ONU do Brasil do Mapa da Fome 39) Reequipagem, Valorização e Autonomia da Polícia Federal 40) Liberdade para a PGR 41) Liberdade para o MP 42) Escolha para os órgãos da Justiça dos primeiros das listas das corporações 43) Jogos Pan-americanos 44) Copa do Mundo 45) Olimpíadas 46) 98 conferências nacionais de 43 áreas, como educação, juventude, saúde, cidades, mulheres, comunicação, direitos LGBT, entre outras.47) Orçamento para a Cultura cresceu de R$ 276,4 milhões em 2002 para R$ 3,27 bilhões em 2014 48) Vale-cultura 49) Programa Cultura Viva 50) Programa Mais Cultura nas Escolas 51) PND – Política Nacional de Defesa – Investimentos em defesa cresceram dez vezes: de R$ 900 milhões em 2003 para R$ 8,9 bilhões em 2013 52) Participação das FFAA em 11 missões militares de paz da ONU 53) Projeto Submarino Nuclear 54) Modernização da frota de aeronaves da FAB com transferência da tecnologia 55) Pré-sal 56) Redução de 79% do desmatamento da Amazônia brasileira 57) Aumento em mais de 50% da extensão total de área florestal protegida.58) Liderança mundial em redução de emissão de gases de efeito estufa (GEE).

Entre 2010 e 2013, o Brasil deixou de lançar na atmosfera uma média de 650 milhões de toneladas de dióxido de carbono por ano.59) Valorização do polo naval 60) Refinaria Abreu e Lima 61) Novas usinas hidrelétricas: Teles Pires, Belo Monte, São Manoel, Santo Antônio, Jirau, São Luiz do Tapajós 62) Conferência Mundial Rio+20 63) PPP 64) PAC 65) Aumento exponencial do parque eólico brasileiro 66) Polos de desenvolvimento NE: Suape PE, Pecém CE e Camaçari BA: Investimentos somam cerca de R$ 100 bilhões.67) Faculdades em muitos municípios do Brasil.68) UNILAB O PT tinha dinheiro para todos estes programas e projetos e ainda deixou um caixa de US$ 371 bilhões.

E o principal, O resgate da soberania nacional e eu tinha orgulho de ser Brasileiro.» 69) construção e contratação de 8.787 creches e pré-escolas, com investimentos de R$ 10 bilhões, beneficiando 4.178 municípios.70) Implantou o FUNDEB aprovado sem veto 71) Aprovou o PNE sem veto 72) criou 18 novas universidades federais e 173 campus universitários 72) Financiou o Projeto Leitura e Escrita na Educação Infantil : Programas sociais e econômicos criados no governo LULA

Quantas pessoas ficaram devendo o Fies?

O governo federal tem R$ 11,3 bilhões em parcelas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) que já deveriam ter sido pagas, mas estão em atraso. Dos quase 1,9 milhão de ex-estudantes que já estão na fase de pagamento das parcelas, a chamada amortização, 53,7% estão com a dívida atrasada há mais de três meses.

Quem trouxe o Prouni para o Brasil?

Quem foi o criador do ProUni? O ProUni foi criado em 2004, durante o primeiro mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com Fernando Haddad como o ministro da Educação. A primeira edição do programa aconteceu em 2005, oferecendo mais de 112 mil bolsas.

Quem foi o presidente que criou o Bolsa Escola?

O Bolsa Família do Governo Federal existe para combater a pobreza e a desigualdade social das famílias brasileiras. Mas quem criou o benefício social? Veja mais detalhes. Afinal, quem criou o Bolsa Família ? Essa é uma pergunta que gera muita controvérsia entre os brasileiros, especialmente em época de eleições e debates políticos.

Vamos analisar pontos do programa e esclarecer quem foi o responsável pela sua criação: Fernando Henrique Cardoso (FHC) ou Luiz Inácio Lula da Silva. Antes de falarmos sobre a criação do Bolsa Família, é importante entender o contexto social e econômico do Brasil nas últimas décadas. O país sempre enfrentou graves problemas de desigualdade e pobreza, especialmente nas regiões mais carentes e afastadas do país.

Em 2001, o governo de Fernando Henrique Cardoso criou o chamado programa Bolsa Escola, que tinha como objetivo garantir a frequência escolar de crianças e adolescentes de famílias em situação de pobreza. O Bolsa Escola, que foi uma iniciativa importante, foi incorporado pelo governo seguinte, de Luiz Inácio Lula da Silva, e passou a se chamar Bolsa Família.

Quem pensou no Prouni?

Como dissemos, o Prouni foi criado em 2004, portanto durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A iniciativa tem por objetivo até hoje conceder bolsas de estudo parciais e integrais em universidades privadas de todo o país por meio da nota dos estudantes no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Quem criou o Prouni Fies e ENEM?

Para democratizar o acesso ao ensino superior de qualidade, o Ministério da Educação (MEC) conta com três iniciativas que ampliam essas possibilidades: o Fies, SiSU e ProUni.

See also:  Quanto Tempo A Maconha Fica No Sangue?

Quem mudou o Fies?

Inscrições para primeira edição do Novo Fies já estão abertas; prazo vai até 28 de fevereiro – Candidatos ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o primeiro semestre de 2018 já podem fazer suas inscrições, exclusivamente pela internet, a partir desta segunda-feira, 19.

O prazo vai até as 23h59 de 28 de fevereiro. No total, serão ofertadas 310 mil vagas, sendo 155 mil para os primeiros seis meses do ano. O Novo Fies, sancionado em 7 de dezembro de 2017 pelo presidente Michel Temer, é um modelo de financiamento estudantil moderno, que divide o programa em diferentes modalidades, oferecendo condições a quem mais precisa e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato.

Do total de vagas ofertadas, 100 mil terão juros zero para os estudantes que comprovarem uma renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. As outras duas modalidades, chamadas de P-Fies, destinam-se a estudantes com renda familiar de até cinco salários mínimos.

Para atender a essa parcela de candidatos, o Novo Fies terá recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento. A principal mudança no programa é a transparência nas informações. E mais: os candidatos incluídos na situação das vagas com juro zero começarão a pagar as prestações respeitando o seu limite de renda.

Dessa forma, os encargos diminuem consideravelmente. O estudante agora terá a possiblidade de pagar o financiamento respeitando sua condição de vida. Seleção – Para poder concorrer a uma vaga, o estudante deverá cumprir por antecipação os seguintes requisitos: ter feito uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com média igual ou superior a 450 pontos, e obtido nota maior que zero na redação.

  • As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, no site do Fies Seleção.
  • Em caso de pré-seleção em uma das vagas disponíveis para financiamento, o estudante deverá complementar informações da sua inscrição e, posteriormente, fechar a contratação do financiamento.
  • Poderão ser financiados os cursos de graduação com conceito maior ou igual a três no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) ofertados pelas instituições de ensino superior participantes do Fies.

Também poderão participar do programa os cursos que, ainda não avaliados pelo Sinaes, estejam autorizados para funcionamento pelo cadastro do MEC. Durante o curso, o estudante deverá ter rendimento para ser aprovado em todas as matérias. Resultados – O resultado será publicado em 5 de março, em chamada única.

Em que ano foi fundado o Enem?

ENEM – Apresentação – Criado em 1998, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem o objetivo de avaliar o desempenho do estudante ao fim da escolaridade básica. Podem participar do exame alunos que estão concluindo ou que já concluíram o ensino médio em anos anteriores. O Enem é utilizado como critério de seleção para os estudantes que pretendem concorrer a uma bolsa no Programa Universidade para Todos (ProUni).

Qual era o programa antes do Prouni?

O Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) é um programa criado pelo MEC em 1999, durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Ele é sucessor do chamado Crédito Educativo, criado em 1976 por Geisel durante o Regime Militar.

Qual é o objetivo do Fies?

O Fundo de Financiamento Estudantil(Fies) é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em cursos superiores não gratuitas na forma da Lei 10.260/2001.

O que acontece se não pagar Pravaler?

Estar inadimplente pode causar a interrupção de serviços além de ter seu CPF (Cadastro de Pessoa Física) colocado nas listas de restrições de crédito – o famoso ‘nome sujo’.

O que já mudou com o governo Lula?

31 ações que marcaram o primeiro mês do novo governo Lula – Fundação Perseu Abramo

  • No primeiro mês de seus novo governo, Lula mostrou ser um presidente da República disposto a trabalhar incansavelmente para a reconstrução e a união do Brasil.
  • Desde o primeiro dia, logo após a posse, as primeiras medidas foram anunciadas, com ações na área do meio ambiente, da educação e da segurança pública.
  • Lula também reabriu canais de diálogo importantes, recebendo no Palácio do Planalto líderes sindicais, agentes comunitários de saúde, reitores e governadores, além de viajar à Argentina e ao Uruguai, retomando a integração latino-americana.
  • Também socorreu o povo Yanomami, freou a entrega do patrimônio nacional ao retirar Petrobras e Correios da lista de privatizações, garantiu vacina contra a Covid-19 para as crianças e recebeu a visita do chanceler alemão Olaf Scholz, entre outras importantes medidas.

Qual é o melhor presidente da história do Brasil?

Lula foi o melhor presidente da história e Bolsonaro é o pior, apontam eleitores O foi o escolhido pelos eleitores brasileiros como o melhor presidente da história da Nova República, segundo a mais nova pesquisa do, divulgada nesta quarta-feira 6. Ao todo, 46% dos entrevistados indicaram o petista ao serem questionados sobre quem seria o melhor mandatário à frente do Brasil no período.

  • A vitória de Lula neste tema se dá por uma ampla vantagem, de 24 pontos percentuais sobre o atual presidente, que ocupa a segunda colocação (22%).
  • Na terceira posição está o tucano com 15% das menções positivas.
  • Além de ficar distante de Lula no ranking positivo, Bolsonaro também foi escolhido pelos eleitores como o pior presidente da história do Brasil desde a Nova República.

Com 40% das menções negativas, o ex-capitão está isolado na liderança neste quesito, ficando 19 pontos percentuais distantes da segunda posição, ocupada por (21%). Lula é o terceiro mencionado, com 14% das indicações. Quem Criou O Fies O legado do ex-presidente Lula já havia sido, Em março, o Ipespe apontou que 58% dos eleitores indicavam que Lula teve um desempenho positivo quando comandou o País. Bolsonaro, por sua vez, acumula recordes de menções negativas ao seu governo, sendo reprovado por maioria dos eleitores desde metade do ano passado.

Quantos ministérios foram criados no governo Lula?

Com 37 ministérios, o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) superou o número de pastas de Cuba e Venezuela, países historicamente próximos do PT.

Vai ter perdão da dívida do FIES em 2023?

Governo quer reabrir negociação para estudantes com dívidas no Fies

  • O governo avalia reabrir a possibilidade de negociação, com desconto de até 99%, das dívidas de estudantes inadimplentes com o Fundo Financiamento Estudantil (Fies).
  • O «perdão» deverá valer para quem tem débitos vencidos e não pagos em 30 de junho de 2023, conforme minuta de uma medida provisória em discussão no governo e obtida pela CNN,
  • Atualmente, segundo dados do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), as parcelas em atraso do programa de financiamento de cursos universitários somam pouco mais de R$ 11 bilhões.
See also:  Cloridrato De Ciclobenzaprina, Para Que Serve?

No ano passado, o governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) já havia aberto uma renegociação, que valia para dívidas vencidas em 30 de dezembro de 2021. Agora, volta à mesa de mais uma «anistia» parcial, nas mesmas condições da rodada anterior. De acordo com a minuta da MP, elaborada pelo Ministério da Educação e ainda pendente de aval de outras áreas do governo, estudantes do Fies que estão com dívidas há mais de 90 dias com bancos e instituições financeiras poderão quitar o débito com desconto de 12% — em caso de pagamento à vista.

  1. Se a opção for pelo parcelamento, o estudante poderá dividir em 150 parcelas, com perdão total de juros e multas.
  2. Se a dívida for mais antiga e tiver mais de 360 dias em aberto, o desconto poderá chegar a 99% do valor consolidado, desde que o estudante esteja cadastrado em programas sociais (CadÚnico) ou tenha recebido o auxílio emergencial em 2021.

Para estudantes que tenham dívidas longas, mas não estejam inscritos no CadÚnico, o desconto será de até 77% do valor consolidado. O Fies é um programa pelo qual o governo paga as mensalidades de estudantes de graduação em instituições privadas de ensino superior enquanto eles cursam a faculdade.

Quem perdoou a dívida do FIES?

Com veto, Bolsonaro sanciona lei que reduz em até 99% dívidas do Fies Da Agência Senado | 22/06/2022, 09h36 O presidente Jair Bolsonaro sancionou com um veto a lei que permite o abatimento de até 99% das dívidas de estudantes com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

  • A que beneficia os alunos que aderiram ao Fies até o segundo semestre de 2017, está publicada na edição desta quarta-feira (22) do Diário Oficial da União,
  • O Fies é um programa criado em 1999 pelo qual o governo federal paga as mensalidades de estudantes de graduação em instituições privadas de ensino superior enquanto eles cursam a faculdade.

Por se tratar de um financiamento, o estudante precisa quitar a dívida posteriormente. A norma tem origem na, editada em dezembro de 2021, Quem tem débitos vencidos e não pagos há mais de 90 dias na data da publicação da medida (30 de dezembro de 2021) podem ter desconto de 12% no pagamento à vista, ou parcelar o débito em 150 meses, com perdão dos juros e das multas.

Quando o débito passar de 360 dias, podem se aplicar descontos a partir de 77%. Inicialmente, os descontos seriam de até 92% para os devedores inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Senadores e deputados aumentaram o percentual, que agora pode chegar a até 99%.

Para aderir à renegociação de dívida do Fies, o estudante deve procurar os canais de atendimento que serão disponibilizados pelos agentes financeiros como Caixa e Banco do Brasil. O relator da MP no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), acolheu o substitutivo aprovado na Câmara em 17 de maio, com emendas de redação que apresentou.

Como pedir o perdão da dívida do FIES?

Renegociação do FIES: Saiba como ter o perdão da dívida

  • Se é um ex-estudante que contraiu dívida através do Fundo de Financiamento Estudantil, provavelmente gostaria que de alguma forma pudesse solicitar o perdão da dívida do FIES,
  • Por conta da crise financeira que grande parte do Brasil está enfrentando, a procura por do financiamento estudantil aumentou bastante.
  • Por isso, abaixo explicamos melhor como você pode quitar suas pendências do FIES e finalmente ficar livre desse débito.
  • O FIES é um programa do governo federal que oferece de graduação em instituições privadas de ensino superior.
  • O pode cobrir até 100% das despesas com mensalidades, além de oferecer juros baixos e prazos longos para pagamento.
  • Para participar, há dois requisitos principais: 1) ter feito o Enem e não ter zerado a redação, e 2) ter renda renda familiar mensal bruta de até 3 por pessoa.
  • Os estudantes que utilizam o FIES para financiar seus estudos precisam começar a pagar a dívida 18 meses após a conclusão do curso ou quando começam a trabalhar, o que acontecer primeiro.
  • O prazo para quitar a dívida pode chegar a 14 anos, mas varia de dívida para dívida.
  • VEJA TAMBÉM :
  • O perdão da dívida do FIES é uma opção para ex-estudantes que não têm condições financeiras de pagar o valor total da dívida, podendo ter o desconto de até 92% do valor pendente.
  • No fim das contas, não é bem um perdão total da dívida, e sim uma ajuda com descontos pra que consiga negociar as dívidas.
  • Atualmente, o programa de perdão está disponível apenas para aqueles que adquiriram dívidas através do FIES até o segundo semestre de 2017,
  • LEIA TAMBÉM :
  • Para ter direito ao perdão da dívida, é necessário ter contratado o serviço até a data que mostramos acima (2017).
  • O atraso da dívida deve ser de no mínimo 90 dias e a pessoa precisa ter pagado pelo menos uma parte da,
  • A negociação é feita com base em 2 divisões:
  1. Quem possui atraso entre 90 e 360 dias:
    • Precisa pagar prestação com o valor mínimo de R$200;
    • Pode parcelar a renegociação em até 150 meses ( mais de 12 anos ).
  2. Quem possui atraso superior a 360 dias:
    • Poderão ter o desconto aplicado primeiro e depois parcelar o valor;
    • Pode parcelar a renegociação em até 10 meses.

Vale lembrar que quem ficar inadimplente com até 3 parcelas, pode perder o direito de renegociação. A taxa levada em consideração para fazer esse cálculo é a taxa, Além disso, mesmo com a dívida atrasada, o ex-estudante irá pagar juros de 1% ao mês.

  1. Fora isso, há uma taxa da multa por atraso de 2% do valor.
  2. LEIA TAMBÉM :
  3. Caso você não se enquadre nas condições para o perdão da dívida do FIES, é possível optar por outros meios de renegociação, não só para o Fies, como para outras dívidas que você possuir.

Por isso, basta acessar a, ou, Com elas, você consegue buscar dívidas que estão registradas no seu CPF e negociá-las com desconto dentro da própria plataforma! O que ela faz? Ao contrário de uma solicitação de empréstimo comum, na Acordo Certo você negocia suas dívidas com desconto.

  • O objetivo da empresa é é desburocratizar a negociação de dívidas, tornando esse serviço fácil e acessível para todos. Por isso, se você está pensando em negociar uma dívida, é interessante entender a proposta da empresa.
    • PRÓS
    • Processo transparente e sem burocracia
    • CONTRAS
    • São aceitas apenas dívidas dos parceiros da Acordo Certo

O que ela faz? A recovery é uma empresa do grupo Itaú responsável por realizar negociações de dívidas. Desconto nas dívidas Quitar dívidas com até Até 99% de desconto% de desconto Como saber se meu nome está sujo? Com uma rápida consulta ao seu CPF você verifica a existência de dívidas Quais dívidas são aceitas Dívidas dos parceiros da Recovery, como: Carrefour, Itaú, Bradesco, Santander, Natura, entre outros

  • A Recovery é uma empresa de gestão e administração de créditos. Esses créditos podem ser de bancos, financeiras, lojas de varejo, prestadores de serviços, concessionárias de serviços públicos ou privados, entre outros ramos de atividades.
    • PRÓS
    • Até 99% de desconto na dívida
    • Vários parceiros para renegociar
    • CONTRAS
See also:  Como Ver Quem Compartilhou Meus Stories?

O que ela faz? Consulte as condições para fazer um acordo com o Itaú e quitar dívidas de forma fácil. Consulte o CPF e faça um acordo. Negociação Itaú com o melhor desconto é online! Desconto nas dívidas Quitar dívidas com até Negocie com o melhor desconto.% de desconto Como saber se meu nome está sujo? Com uma rápida consulta ao seu CPF você verifica a existência de dívidas.

  • Renegocie Fácil todas suas dívidas sem complicação. Aproveite as condições especiais e limpe o seu nome em até 5 dias.
    • PRÓS
    • O melhor desconto na dívida do Itaú;
    • CONTRAS
    • Renegociação de apenas dívidas do Itaú;

A renegociação pode ser feita através do ou nas agências da Caixa Econômica Federal. Além disso, você também consegue acessar a opção » Renegociação Fies » no próprio, Depois, basta pagar o, Caso seja necessário, basta ligar em algum dos e perguntar em qual agência próximo a você é possível fazer essa negociação. : Renegociação do FIES: Saiba como ter o perdão da dívida

Quem criou o Bolsa Família foi Fernando Henrique Cardoso?

O Programa Bolsa Família é um programa de transferência de renda do governo federal do Brasil, instituído no governo Lula pela Medida Provisória 132, de 20 de outubro de 2003, e convertida em lei em 9 de janeiro de 2004, pela Lei Federal n.10.836.

Quem mudou o Fies?

Inscrições para primeira edição do Novo Fies já estão abertas; prazo vai até 28 de fevereiro – Candidatos ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o primeiro semestre de 2018 já podem fazer suas inscrições, exclusivamente pela internet, a partir desta segunda-feira, 19.

  • O prazo vai até as 23h59 de 28 de fevereiro.
  • No total, serão ofertadas 310 mil vagas, sendo 155 mil para os primeiros seis meses do ano.
  • O Novo Fies, sancionado em 7 de dezembro de 2017 pelo presidente Michel Temer, é um modelo de financiamento estudantil moderno, que divide o programa em diferentes modalidades, oferecendo condições a quem mais precisa e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato.

Do total de vagas ofertadas, 100 mil terão juros zero para os estudantes que comprovarem uma renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. As outras duas modalidades, chamadas de P-Fies, destinam-se a estudantes com renda familiar de até cinco salários mínimos.

  • Para atender a essa parcela de candidatos, o Novo Fies terá recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento.
  • A principal mudança no programa é a transparência nas informações.
  • E mais: os candidatos incluídos na situação das vagas com juro zero começarão a pagar as prestações respeitando o seu limite de renda.

Dessa forma, os encargos diminuem consideravelmente. O estudante agora terá a possiblidade de pagar o financiamento respeitando sua condição de vida. Seleção – Para poder concorrer a uma vaga, o estudante deverá cumprir por antecipação os seguintes requisitos: ter feito uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com média igual ou superior a 450 pontos, e obtido nota maior que zero na redação.

  1. As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, no site do Fies Seleção.
  2. Em caso de pré-seleção em uma das vagas disponíveis para financiamento, o estudante deverá complementar informações da sua inscrição e, posteriormente, fechar a contratação do financiamento.
  3. Poderão ser financiados os cursos de graduação com conceito maior ou igual a três no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) ofertados pelas instituições de ensino superior participantes do Fies.

Também poderão participar do programa os cursos que, ainda não avaliados pelo Sinaes, estejam autorizados para funcionamento pelo cadastro do MEC. Durante o curso, o estudante deverá ter rendimento para ser aprovado em todas as matérias. Resultados – O resultado será publicado em 5 de março, em chamada única.

Por que o Fies acabou?

Nos últimos anos tem sido mais complicado conseguir o FIES, o programa de financiamento estudantil a juros baixos do governo federal. As regras mudaram, o sistema ficou fora do ar por um tempo, depois apresentou problemas, as vagas foram limitadas e muita gente reclamou que ficou de fora do FIES. Com isso, surgiram especulações de que o FIES iria acabar. Mas será que vai mesmo? Confira a seguir.

Vai ter perdão da dívida do Fies em 2023?

Governo quer reabrir negociação para estudantes com dívidas no Fies

  • O governo avalia reabrir a possibilidade de negociação, com desconto de até 99%, das dívidas de estudantes inadimplentes com o Fundo Financiamento Estudantil (Fies).
  • O «perdão» deverá valer para quem tem débitos vencidos e não pagos em 30 de junho de 2023, conforme minuta de uma medida provisória em discussão no governo e obtida pela CNN,
  • Atualmente, segundo dados do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), as parcelas em atraso do programa de financiamento de cursos universitários somam pouco mais de R$ 11 bilhões.

No ano passado, o governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) já havia aberto uma renegociação, que valia para dívidas vencidas em 30 de dezembro de 2021. Agora, volta à mesa de mais uma «anistia» parcial, nas mesmas condições da rodada anterior. De acordo com a minuta da MP, elaborada pelo Ministério da Educação e ainda pendente de aval de outras áreas do governo, estudantes do Fies que estão com dívidas há mais de 90 dias com bancos e instituições financeiras poderão quitar o débito com desconto de 12% — em caso de pagamento à vista.

Se a opção for pelo parcelamento, o estudante poderá dividir em 150 parcelas, com perdão total de juros e multas. Se a dívida for mais antiga e tiver mais de 360 dias em aberto, o desconto poderá chegar a 99% do valor consolidado, desde que o estudante esteja cadastrado em programas sociais (CadÚnico) ou tenha recebido o auxílio emergencial em 2021.

Para estudantes que tenham dívidas longas, mas não estejam inscritos no CadÚnico, o desconto será de até 77% do valor consolidado. O Fies é um programa pelo qual o governo paga as mensalidades de estudantes de graduação em instituições privadas de ensino superior enquanto eles cursam a faculdade.