Especias Mixtli

Consejos | Trucos | Comentarios

Qual Pais Ganhou A Primeira Copa Do Mundo?

Qual Pais Ganhou A Primeira Copa Do Mundo

Quem foi o primeiro campeão mundial de futebol?

Em 22 de julho de 1951, o Palmeiras realizou um dos maiores feitos de sua gloriosa trajetória. Foi neste dia, diante da forte e estrelada Juventus-ITA, que o Verdão conquistou o Torneio Internacional de Clubes Campeões, consolidado no futebol como o primeiro campeonato mundial interclubes da história.

Qual primeiro país ganhou mais Copa do Mundo?

Todos os campeões da Copa do Mundo: as seleções com mais títulos | Goal.com Brasil Oito países, representando dois continentes, já alcançaram a glória máxima do futebol Ser campeão da Copa do Mundo é o sonho de todos os jogadores de futebol ao redor do planeta.

  • Têm o privilégio de colocar as mãos na taça mais cobiçada do futebol mundial.
  • O torneio que acontece a cada quatro anos tem muita história para contar.O,
  • Com a vitória nos pênaltis sobre a França na grande decisão, a Argentina ganhou o Mundial pela terceira vez em sua história.
  • Ao todo, oito países já ergueram o troféu, sendo que apenas nações da América do Sul e Europa já venceram a Copa.

O Brasil é o maior campeão, com cinco conquistas. Itália e Alemanha têm quatro títulos cada. A GOAL mostra quem já foi campeão, os anos das conquistas e os vice-campeões desse torneio tão amado ao redor do globo. : Todos os campeões da Copa do Mundo: as seleções com mais títulos | Goal.com Brasil

Qual foi a primeira vez que o Brasil ganhou a Copa do Mundo?

História Hoje: Primeiro título do Brasil na Copa do Mundo A Seleção Brasileira de Futebol levantou a taça de campeã pela primeira vez, em 29 de junho de 1958, na Suécia. A equipe venceu os anfitriões por cinco a dois. A Copa começou sem algumas grandes seleções. Uruguai e Itália não se classificaram. A celeste foi eliminada pelo Paraguai. E os italianos foram desclassificados após confronto com a Irlanda do Norte. Holanda e Espanha também ficaram de fora. A seleção canarinha estreou contra a Áustria e ganhou a partida por três a zero.

  • No jogo seguinte, empatou no zero a zero contra a Inglaterra.
  • Depois, enfrentou a União Soviética, uma das favoritas já que tinha sido campeã olímpica.
  • E o Brasil venceu por dois a zero, assumindo a liderança do grupo.
  • Nas quartas-de-final, o Brasil pegou o País de Gales e ganhou com um gol de Pelé.
  • Contra a França, na semifinal, o Brasil marcou cinco a dois.

Os brasileiros chegaram invictos à final. E entraram em campo vestindo o uniforme azul. Mas a sorte não mudou por causa disso. Contra a Suécia, Liedholm, Vavá, Pelé, Zagallo e Simonsson marcaram os gols da vitória. O quinto gol saiu dos pés de Pelé aos 45 minutos do segundo tempo.

  1. O Brasil se tornou o primeiro país a vencer uma Copa fora do seu continente.
  2. Durante a comemoração do título, o capitão da Seleção Brasileira, Bellini, ergueu a taça acima da cabeça.
  3. Foi a primeira vez que um jogador fez esse gesto em uma premiação do Mundial.
  4. O Brasil foi ao Mundial com a numeração das camisas diferente do que era habitual.

Há uma versão de que a delegação brasileira não enviou os números previamente e a Fifa teria feito a distribuição de forma aleatória. Pelé, com apenas 17 anos, ficou com a camisa 10 e fez desse número algo muito especial ao se tornar o jogador mais jovem a ganhar uma Copa do Mundo.

História Hoje Redação : Beatriz Evaristo Apresentação : Dilson Santa Fé Sonoplastia : Jailton Sodré Edição : Sheily Noleto Publicação web : Patrícia Serrão

: História Hoje: Primeiro título do Brasil na Copa do Mundo

Qual o maior vencedor da Copa do Mundo?

Único pentacampeão, o Brasil segue como o maior vencedor da Copa do Mundo. Os cinco títulos foram conquistados em 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002.

Porque o Mundial de 51 não vale?

Rodolfo Rodrigues – Rodolfo Rodrigues: Mundial ou não, Copa Rio de 1951 foi precursora A Fifa publicou nesta quinta-feira (10) uma matéria em seu site sobre a história do Palmeiras e citou a Copa de Rio de 1951 como o primeiro campeonato mundial de clubes.

  • O polêmico assunto, sobre o clube ter ou não mundial, vem sendo tratado com exaustão nesses últimos dias, já que o time paulista está na final do Mundial de Clubes da Fifa contra o Chelsea.
  • Caso ganhe do time inglês, o Palmeiras certamente irá celebrar o seu bicampeonato mundial.
  • Para os rivais, a torcida é para que o time perca e siga sem ter o gostinho de ser campeão mundial, seja do Mundial Interclubes (disputado entre 1960 e 2004) ou do Mundial de Clubes da Fifa (realizado desde 2000).

Essa polêmica dificilmente terá fim. Mas caso o Palmeiras conquiste o título de 2021 em cima do Chelsea, não haverá mais dúvida ou mesmo qualquer tipo de piada por parte dos rivais. A questão da Copa Rio ser ou não um Mundial, certamente perderá força, já que a grande discussão é se o Palmeiras é o não campeão Mundial.

  1. O Fluminense, que venceu o torneio em 1952, em cima do, também quer ser considerado campeão Mundial.
  2. Mas por que a Copa Rio é considerada um Mundial por eles e reconhecida agora pela Fifa? Bom, a questão não é tão simples.
  3. Como o torneio não foi organizado pela Fifa ou mesmo por Conmebol e Uefa, não há um status de torneio oficial.

A ausência de um campeão nacional do Brasil e de um critério claro de classificação para os participantes, também pesa contra essa decisão de ser um Mundial. Mas, sendo um Mundial ou não, a Copa Rio de 1951 foi uma grande precursora na história do, Após a Copa do Mundo de 1950, realizada no Brasil, a CBD se reuniu com a Uefa e a Fifa para discutir a criação do torneio mundial de futebol interclubes nos mesmos moldes da Copa, com 16 participantes.

Mas, devido a dificuldade em trazer clubes europeus, o torneio, que seria realizado em 1951, foi reduzido para oito clubes. O Brasil, que organizaria a competição, no Rio de Janeiro, não contava com um campeão nacional, já que não existia um campeonato brasileiro na época. Assim, entrariam na disputa os campeões do Rio () e de São Paulo (Palmeiras), além do campeão português (pelos laços afetivos com o Brasil) e cinco clubes dos países mais bem colocados na Copa do Mundo de 1950 (Uruguai, Espanha, Inglaterra, Suécia e Itália).

Porém, como a recusa dos times da Espanha, Inglaterra e Suécia, foram convidados equipes da Áustria, França e Iugoslávia. Com o apoio da prefeitura do Rio de Janeiro, a competição, organizada pela CBD (e não pela Fifa), ganhou o nome de Copa Rio e acabou vencida pelo Palmeiras.

  • Em 1952, a competição foi novamente realizada e conquistada pelo Fluminense, que bateu o Corinthians na decisão.
  • Após a disputa, a CBD definiu que o torneio seria disputado de quatro em quatro anos e que sua próxima edição seria em 1956.
  • Para isso, no entanto, a entidade queria que o representante do país fosse o campeão brasileiro.
See also:  De Onde Vem O Dinheiro Da Lei Rouanet?

Assim, solicitou junto a Fifa, em 1952, criação de um campeonato nacional, que teria sua primeira edição em 1955. Com certo atraso, já que países da América do Sul já contavam com campeonatos nacionais em seus países. Assim, em 1955, após o primeiro Congresso do Futebol Brasileiro, organizado pela CBD, em Belo Horizonte, no mês de setembro, ficou definido que o Campeonato Brasileiro de Clubes teria em disputa a Taça Brasil para se conhecer o campeão nacional.

Mas a competição, por falta de datas, não foi realizada naquele ano e teve seu início previsto apenas para 1959, já que o calendário do futebol brasileiro já estava definido para o triênio 1956/57/58, até a disputa da Copa do Mundo. Em 1956, a Copa Rio acabou sendo cancelada e não houve também a necessidade de se conhecer um campeão nacional.

Em 1958, o brasileiro José Ramos de Freitas, então presidente da Conmebol, sugeriu a criação de um campeonato sul-americano de clubes campeões. Mas foi apenas no dia 5 de março de 1959, no 30º Congresso da Conmebol, em Buenos Aires, que a entidade anunciou para 1960 a primeira edição da Copa dos Campeões da América (que passou a ser chamada de a partir de 1966), exigindo a presença do campeão brasileiro do ano anterior (1959).

É verdade que a Fifa reconheceu o Mundial do Palmeiras 1951?

A frase da Fifa na entrevista é mais um capítulo das idas e vindas desta busca do Palmeiras pelo reconhecimento oficial. Em outros momentos, a Fifa flertou com essa oficialização, mas nunca o fez de fato. O título de 1951 não aparece em nenhuma lista oficial da entidade, tanto no site quanto em suas publicações.

Qual é a melhor seleção do Mundo?

Qual seleção tem o melhor histórico em Copas?

Ranking Time Pontuação total
1 Brasil 218
2 Alemanha** 206
3 Itália 151
4 Argentina 129

Quem tem mais mundiais do Mundo?

Todos os campeões mundiais de clubes

CLUBES TÍTULOS MUNDIAIS TEMPORADAS
Real Madrid 8 1960, 1998, 2002, 2014, 2016, 2017, 2018 e 2022
Milan 4 1969, 1989, 1990 e 2007
Bayern de Munique 4 1976, 2001, 2013 e 2020
Barcelona 3 2009, 2011 e 2015

Qual o time brasileiro que tem mais títulos mundiais?

Lista dos maiores campeões do Mundial de Clubes (desde 1960): 8 TÍTULOS Real Madrid (1960, 1998, 2002, 2014, 2016, 2017, 2018 e 2022) 4 TÍTULOS Milan (1969, 1989, 1990 e 2007) Bayern de Munique (1976, 2001, 2013 e 2020) 3 TÍTULOS Barcelona (2009, 2011 e 2015) São Paulo (1992, 1993 e 2005) Inter de Milão (1964, 1965 e 2010) Boca Juniors (1977, 2000 e 2003) Peñarol (1961, 1966 e 1982) Nacional (1971, 1980 e 1988) 2 TÍTULOS Juventus (1985 e 1996) Santos (1962 e 1963) Corinthians (2000 e 2012) Independiente (1973 e 1984) Manchester United (1999 e 2008) Ajax (1972 e 1995) Porto (1987 e 2004) 1 TÍTULO Atlético de Madrid (1974) Internacional (2006) Grêmio (1983) Flamengo (1981) River Plate (1986) Estudiantes (1968) Racing (1967) Vélez Sarsfield (1994) Borussia Dortmund (1997) Liverpool (2019) Feyenoord (1970) Estrela Vermelha (1991) Olimpia (1979) Chelsea (2021) Com oito títulos, o Real Madrid é o maior campeão do Mundial de Clubes.

  1. O clube espanhol conquistou o torneio cinco vezes nas últimas décadas e ultrapassou o Milan, que aparece como segundo maior campeão com quatro conquistas.
  2. O Bayern de Munique venceu a edição de 2020 e também aparece na segunda posição.
  3. O São Paulo é o clube brasileiro como mais títulos mundiais, com um total de três conquistas: 1992, 1993 e 2005.

Santos (1962 e 1963) e Corinthians (2000 e 2012) têm dois troféus cada, enquanto Flamengo (1981), Grêmio (1983) e Internacional (2006) contam com um título. Relembre todos os campeões mundiais desde 1960: Copa Intercontinental 1960: Real Madrid 1961: Peñarol 1962: Santos 1963: Santos 1964: Inter de Milão 1965: Inter de Milão 1966: Peñarol 1967: Racing 1968: Estudiantes 1969: Milan 1970: Feyenoord 1971: Nacional-URU 1972: Ajax 1973: Independiente 1974: Atletico de Madrid 1976: Bayern de Munique 1977: Boca Juniors 1979: Olimpia 1980: Nacional-URU 1981: Flamengo 1982: Peñarol 1983: Grêmio 1984: Independiente 1985: Juventus 1986: River Plate 1987: Porto 1988: Nacional-URU 1989: Milan 1990: Milan 1991: Estrela Vermelha (Iugoslávia) 1992: São Paulo 1993: São Paulo 1994: Vélez Sársfield 1995: Ajax 1996: Juventus 1997: Borussia Dortmund 1998: Real Madrid 1999: Manchester United 2000: Boca Juniors 2001: Bayern de Munique 2002: Real Madrid 2003: Boca Juniors 2004: Porto Mundial de Clubes da Fifa 2000: Corinthians 2005: São Paulo 2006: Internacional 2007: Milan 2008: Manchester United 2009: Barcelona 2010: Inter de Milão 2011: Barcelona 2012: Corinthians 2013: Bayern de Munique 2014: Real Madrid 2015: Barcelona 2016: Real Madrid 2017: Real Madrid 2018: Real Madrid 2019: Liverpool 2020: Bayern de Munique 2021: Chelsea A taça do Mundial de Clubes (Foto: divulgação)

Quem o Brasil enfrentou em 1958?

Antecedentes – As Seleções do Brasil e da Suécia se enfrentaram em dois jogos oficiais das equipes nacionais adultas antes de jogarem a final da Copa do Mundo de 1958. Curiosamente, os dois compromissos anteriores entre as duas equipes eram válidos pela Copa do Mundo.

Partida Encontros Anteriores em Copas do Mundo
Edição Fase Local Resultado Ref.
Brasil vs. Suecia 1938 Disputa de 3º lugar Burdeos Brasil 4:2 Suécia
1950 Quadrangular final Rio de Janeiro Brasil 7:1 Suécia

Quais os 3 maiores campeões da Copa do Mundo?

Estatísticas da Copa do Mundo – A Copa já teve a participação de seleções de todos os continentes, mas os melhores resultados foram obtidos por seleções europeias e sul-americanas. Os mais relevantes obtidos por nações de outros continentes foram:

África : quartas de final alcançadas por Camarões (1990), Senegal (2002) e Gana (2010). Ásia : 4º lugar, conseguido pela Coreia do Sul (2002). Oceania : oitavas de final, obtidas pela Austrália (2006)*. América do Norte, Central e Caribe : 3º lugar, conquistado pelos Estados Unidos (1930).

Ao todo, oito nações diferentes venceram uma Copa do Mundo: três sul-americanas (em posse de 9 títulos) e cinco europeias (totalizando 11 títulos). As nações que já venceram edições de Copa do Mundo foram:

Brasil : 5 títulos (1958, 1962, 1970, 1994 e 2002) Alemanha : 4 títulos (1954, 1974, 1990 e 2014) Itália : 4 títulos (1934, 1938, 1982 e 2006) Argentina : 2 títulos (1978 e 1986) Uruguai : 2 títulos (1930 e 1950) Espanha : 1 título (2010) França : 2 títulos (1998 e 2018) Inglaterra : 1 título (1966)

See also:  Quando A Coruja Canta AlguM Morre?

A nação que mais vezes disputou uma final de Copa do Mundo, sem vencer ao menos uma, foi a Holanda, que disputou três finais e saiu derrotada em todas. Os holandeses perderam o confronto em 1974 para os alemães, em 1978 para os argentinos e, em 2010, foram derrotados pelos espanhóis.

Porque todo mundo fala que o Palmeiras não tem Mundial?

+ Venda de Kuscevic pode abrir espaço para reforço na zaga do Palmeiras Quando confrontado diretamente se o Palmeiras é campeão mundial de 1951, a ferramenta nega e cita que o Mundial de Clubes da Fifa foi criado no ano 2000, desconsiderando os outros formatos de mundiais que consagraram equipes como Flamengo, Grêmio e Santos, antes desse período.

  1. O ChatGPT, no entanto, destaca outros feitos internacionais do Palmeiras.
  2. Não, o Palmeiras não foi campeão mundial de clubes em 1951.
  3. A competição de campeonato mundial de clubes da FIFA (FIFA Club World Cup) só começou a ser disputada a partir de 2000, e o Palmeiras ainda não foi campeão da competição.

No entanto, o clube já foi campeão de outras competições internacionais, como a Copa Libertadores da América e a Copa Mercosul – disse a IA. IA usa como argumento a criação do atual formato do Mundial, no ano 2000 (Foto: Reprodução/ChatGPT)

Porque o título Mundial do Palmeiras não é reconhecido?

Receba os novos posts desta coluna no seu e-mail – Afinal, a Fifa considera ou não a Copa Rio de 1951 como Mundial? E os Intercontinentais entre europeus e sul-americanos disputados entre 1960 e 2004? Por que às vezes a Fifa diz que os campeões mundiais são apenas aqueles dos torneios que organizou, em 2000 e ininterruptamente a partir de 2005, e depois fala do status de mundial de outras competições, como fez em texto em seu site nesta quinta-feira (10), citando a Copa Rio como o primeiro torneio mundial de clubes? A Fifa divide esta questão, digamos, em prateleiras.

Se algum jornalista envia um pedido, por exemplo, à Fifa perguntando quais são os clubes campeões mundiais, como várias vezes já ocorreu, normalmente a resposta é: os campeões mundiais DA FIFA são aqueles das competições organizadas pela entidade, em 2000 com o torneio vencido pelo Corinthians no Brasil, e depois sem parar a partir de 2005 que teve São Paulo (2005), Inter (2006) e Corinthians (2012) como os brasileiros campeões.

A entidade confunde tudo quando, em outro momento, escreve em seu site que a Copa Rio de 1951, torneio que reuniu Palmeiras, o campeão, Vasco e outros seis times estrangeiros, foi o primeiro campeonato mundial de clubes, o que ratifica a estrela vermelha que os paulistas têm acima de seu escudo como o primeiro clube campeão do mundo.

Há, para a Fifa, os campeões mundiais dos torneios organizados por ela, DA FIFA, e clubes vencedores de competições com alcance global, equivalentes a mundiais. Aí entram a Copa Rio e os Intercontinentais entre europeus e sul-americanos, que sempre no Brasil foram tratados como mundiais antes de a federação internacional passar a organizar a sua competição.

Primeiro ponto: a Fifa ganha dinheiro, ou tenta pelo menos (não tem faturado muito na verdade), com seu Mundial. Portanto é legal valorizá-lo ao máximo, o colocando sempre uma prateleira acima dos demais. Mas ao afirmar como fez nesta quinta em seu site que «o campeonato mundial foi sonhado e discutido por anos pelos maiores dirigentes do futebol da época e finalmente foi agendado para 1951» fica difícil argumentar que a Copa Rio não foi de fato o primeiro torneio mundial de clubes, apesar de em outros momentos a Fifa ter usado o termo global para esse campeonato.

DOCUMENTOS Em março de 2007, um documento, enviado por fax, pelo então secretário-geral da Fifa, o suíço Urs Linsi, dizia que a Copa Rio havia sido o primeiro torneio de clubes com alcance mundial e parabenizava o Palmeiras pelo título. Talvez pela diretoria palmeirense tratar o assunto de forma meio atabalhoada, apesar do ótimo trabalho de pesquisa feito que gerou um dossiê enviado à entidade, o documento acabou virando meme antes de existirem os memes com a história do «campeão por fax».

A Fifa nunca disse que o teor do documento foi anulado, mas como vira e mexe algum jornalista pergunta para a Fifa se o Palmeiras é campeão mundial, e a resposta é que os campeões mundiais DA FIFA são aqueles a partir de 2000, a confusão é instalada — e as quase sempre sadias gozações entre os torcedores também.

O mesmo ocorre com os Intercontinentais. Apesar de desde sempre os brasileiros, e outras nacionalidades sul-americanas também, tratarem o jogo entre os campeões da Liga dos Campeões e da Libertadores como Mundial, a Fifa só oficializou isso em 2017, após pedido oficial da Conmebol. Mas, novamente, questionada outras vezes sobre quais são os campeões mundiais, invariavelmente a Fifa esquece do Intercontinental e só cita os torneios que organizou, os campeões DA FIFA.

A Fifa, ao mesmo tempo que quer valorizar o seu torneio, também faz política com países e confederações querendo agradar. Em 2007 houve até intervenção de parlamentares no pedido do Palmeiras, o que levou a CBF a trabalhar forte nos bastidores, e agradar a Conmebol era interessante para a Fifa em 2017 em meio a, naquele momento, o plano de aumentar o número de participantes da Copa de 32 para 48 já em 2022, o que acabou não se concretizando.

Porque o Flamengo não tem Mundial?

Texto da Fifa ‘esquece’ de Mundial flamenguista – O assunto voltou à pauta após a publicação de um perfil do Flamengo pela Fifa em seu site recentemente, Atual campeã da Libertadores, a equipe rubro-negra estará no Mundial de Clubes de 2023, Publicado no contexto da disputa deste ano, o texto da Fifa dizia que:

O Flamengo venceu a ‘Copa Intercontinental’ de 1981.A equipe jogou a Copa Mundial de Clubes da Fifa pela primeira vez em 2019, quando foi vice-campeã e batida pelo Liverpool na final.

O texto não menciona expressamente que a conquista da então ‘Copa Intercontinental’ de 1981 tem, hoje, o mesmo patamar de um Mundial. Oficialmente, no entanto, a entidade não reviu a decisão do Conselho e considera o Flamengo campeão do mundo de 1981.

Qual título o Palmeiras considera Mundial?

Fazendo referência ao título da Copa Rio de 1951, que foi considerado e 2014 pela Fifa como o 1º torneio global de clubes na história, o Alviverde festejou a notícia.

Quem fez o gol do título do Mundial de 51?

Palmeiras celebra 92 anos do nascimento de Liminha, autor do gol do título mundial de 51 – ESPN 30 de jan, 2022, 16:45 O Palmeiras celebrou, neste domingo, por meio de suas redes socias, os 92 anos do nascimento de Liminha. O ex-jogador foi o autor do gol do título do Mundial de 1951, contra a Juventus, no Maracanã. © ESPN Enterprises, Inc. All rights reserved. : Palmeiras celebra 92 anos do nascimento de Liminha, autor do gol do título mundial de 51 – ESPN

See also:  Quanto Custa Para Tirar Um Passaporte?

É verdade que Palmeiras não tem Mundial?

play Fifa define novo formato do Mundial de Clubes a partir de 2025; veja detalhes (1:20) Conmebol terá seis vagas e Uefa 12 (1:20)

ESPN.com.br

14 de mar, 2023, 16:30 Em suas redes sociais, o Palmeiras comemorou nesta terça-feira (14) o fato de ter sido confirmado como participante do Supermundial de Clubes da Fifa, que terá sua primeira edição com 32 equipes em 2025. Fazendo referência ao título da Copa Rio de 1951, que foi considerado e 2014 pela Fifa como o 1º torneio global de clubes na história, o Alviverde festejou a notícia.

Dono da América Verde em 2021, o Primeiro Campeão Mundial foi confirmado pela Fifa na primeira edição do novo formado da Copa do Mundo de Clubes, em 2025!», exclamou o time palestrino ( veja o post abaixo ). Além do Verdão, que foi campeão da CONMEBOL Libertadores de 2021, o Flamengo já está garantido na competição, devido ao título continental de 2022.

Com relação ao futebol europeu, Chelsea e Real Madrid, campeões da Uefa Champions League em 2021 e 2022, estarão no Mundial com novo formato. Os vencedores da principal competição europeia em 2023 e 2024 também garantirão suas vagas. Como o Velho Continente tem direito a um total de 12 vagas, as oito restantes serão definidas a partir da colocação de cada equipe pelo ranking do continente.

AFC (Ásia): 4 CAF (África): 4 Concacaf (América do Norte e Central): 4 Conmebol: 6 (América do Sul) OFC (Oceania): 1 Uefa (Europa): 12 País-sede do torneio: 1

É válido destacar que o ranking levará em conta apenas o desempenho entre 2021 e 2024. Não contará o desempenho histórico das equipes. O chamado «novo» Mundial de Clubes será disputado entre os meses de junho e julho de 2025, mas ainda não tem sede definida.

O que a Fifa diz sobre o Mundial de 1951?

Em nota publicada em seu site nesta quinta-feira, a Fifa chamou a Copa Rio de 1951 conquistada pelo Palmeiras de Mundial. A entidade já havia feito isso recentemente, em entrevista com o atacante Rony.

Porque o título Mundial do Palmeiras não é reconhecido?

Receba os novos posts desta coluna no seu e-mail – Afinal, a Fifa considera ou não a Copa Rio de 1951 como Mundial? E os Intercontinentais entre europeus e sul-americanos disputados entre 1960 e 2004? Por que às vezes a Fifa diz que os campeões mundiais são apenas aqueles dos torneios que organizou, em 2000 e ininterruptamente a partir de 2005, e depois fala do status de mundial de outras competições, como fez em texto em seu site nesta quinta-feira (10), citando a Copa Rio como o primeiro torneio mundial de clubes? A Fifa divide esta questão, digamos, em prateleiras.

Se algum jornalista envia um pedido, por exemplo, à Fifa perguntando quais são os clubes campeões mundiais, como várias vezes já ocorreu, normalmente a resposta é: os campeões mundiais DA FIFA são aqueles das competições organizadas pela entidade, em 2000 com o torneio vencido pelo Corinthians no Brasil, e depois sem parar a partir de 2005 que teve São Paulo (2005), Inter (2006) e Corinthians (2012) como os brasileiros campeões.

A entidade confunde tudo quando, em outro momento, escreve em seu site que a Copa Rio de 1951, torneio que reuniu Palmeiras, o campeão, Vasco e outros seis times estrangeiros, foi o primeiro campeonato mundial de clubes, o que ratifica a estrela vermelha que os paulistas têm acima de seu escudo como o primeiro clube campeão do mundo.

  1. Há, para a Fifa, os campeões mundiais dos torneios organizados por ela, DA FIFA, e clubes vencedores de competições com alcance global, equivalentes a mundiais.
  2. Aí entram a Copa Rio e os Intercontinentais entre europeus e sul-americanos, que sempre no Brasil foram tratados como mundiais antes de a federação internacional passar a organizar a sua competição.

Primeiro ponto: a Fifa ganha dinheiro, ou tenta pelo menos (não tem faturado muito na verdade), com seu Mundial. Portanto é legal valorizá-lo ao máximo, o colocando sempre uma prateleira acima dos demais. Mas ao afirmar como fez nesta quinta em seu site que «o campeonato mundial foi sonhado e discutido por anos pelos maiores dirigentes do futebol da época e finalmente foi agendado para 1951» fica difícil argumentar que a Copa Rio não foi de fato o primeiro torneio mundial de clubes, apesar de em outros momentos a Fifa ter usado o termo global para esse campeonato.

  1. DOCUMENTOS Em março de 2007, um documento, enviado por fax, pelo então secretário-geral da Fifa, o suíço Urs Linsi, dizia que a Copa Rio havia sido o primeiro torneio de clubes com alcance mundial e parabenizava o Palmeiras pelo título.
  2. Talvez pela diretoria palmeirense tratar o assunto de forma meio atabalhoada, apesar do ótimo trabalho de pesquisa feito que gerou um dossiê enviado à entidade, o documento acabou virando meme antes de existirem os memes com a história do «campeão por fax».

A Fifa nunca disse que o teor do documento foi anulado, mas como vira e mexe algum jornalista pergunta para a Fifa se o Palmeiras é campeão mundial, e a resposta é que os campeões mundiais DA FIFA são aqueles a partir de 2000, a confusão é instalada — e as quase sempre sadias gozações entre os torcedores também.

  • O mesmo ocorre com os Intercontinentais.
  • Apesar de desde sempre os brasileiros, e outras nacionalidades sul-americanas também, tratarem o jogo entre os campeões da Liga dos Campeões e da Libertadores como Mundial, a Fifa só oficializou isso em 2017, após pedido oficial da Conmebol.
  • Mas, novamente, questionada outras vezes sobre quais são os campeões mundiais, invariavelmente a Fifa esquece do Intercontinental e só cita os torneios que organizou, os campeões DA FIFA.

A Fifa, ao mesmo tempo que quer valorizar o seu torneio, também faz política com países e confederações querendo agradar. Em 2007 houve até intervenção de parlamentares no pedido do Palmeiras, o que levou a CBF a trabalhar forte nos bastidores, e agradar a Conmebol era interessante para a Fifa em 2017 em meio a, naquele momento, o plano de aumentar o número de participantes da Copa de 32 para 48 já em 2022, o que acabou não se concretizando.

Quem tem 2 Mundial?

TNT Sports Brasil – O Corinthians é o único clube brasileiro que venceu dois Mundiais de Clubes organizados pela FIFA!