Especias Mixtli

Consejos | Trucos | Comentarios

Anticoncepcional Para Gatos- Quando Aplicar?

Quando devo aplicar a injeção anticoncepcional em gatos?

Quando eu posso aplicar? – O medicamento deve ser aplicado durante o anestro, quando o animal não tem atividade sexual ou manifestação do cio. Acontece no período de «puberdade» do pet, ou depois do parto. Em cadelas, geralmente é aplicado no 4º ou 5º mês após o primeiro cio ou 1 a 2 meses após o parto.

Pode aplicar injeção com a gata no cio?

Injeção Anti-Cio Para Cachorros E Gatos Vetacio 1 ML Dose Única

  • Injeção Anti-Cio Para Cachorros E Gatos Vetacio 1 ML é um produto cujo princípio ativo é o acetato de medroxiprogesterona,uma progestina sintética,ou seja, estruturalmente relacionada à progesterona endógena,
  • Administrado por via subcutânea, possui atividade antiestrogênica e antigonadotropínica.
  • Fórmula:

• Cada mL do produto contém: Acetato de medroxiprogesterona.50 mg. Veículo q.s.p.1 mL. Modo de usar e via de Aplicação: • Agitar vigorosamente antes da aplicação. • A dose indicada deve ser administrada por via subcutânea, em região pouco visível, como face interna da coxa ou dobra interna do flanco do animal, em função de possível temporária descoloração do pelo no local da aplicação.

  • Cadelas: A administração do produto deve obrigatoriamente ser realizada durante a fase de anestro do animal, ou seja, do 3º ao 5º mês após o cio ou do 1º ao 3º mês após o parto.
  • O intervalo entre as aplicações deve ser de 6 meses.
  • Gatas: A administração do produto deve obrigatoriamente ser realizada durante a fase de anestro do animal, ou seja, do 3º à 6º semana após o cio ou do 15º aos 20º dias após o parto.

O intervalo entre as aplicações deve ser de 4 meses. É recomendado que a fase do ciclo do animal seja verificada mediante anamnese do Médico Veterinário e/ou esfregaço vaginal. Caso haja intenção de inibição continua do estro, devem ser obedecidos os intervalos recomendados.

  • Reações adversas: O uso contínuo de progestinas sintéticas pode ocasionar o aumento da incidência de hiperplasia endometrial cística e hiperplasia mamária em cadelas e gatas.
  • Contraindicações A administração de Vetacio é contraindicada: • Nas fases de protesto, estro e metaestro (é importante a identificação do ciclo); • Em animais com corrimento vaginal persistente ou anormal; • Em animais que apresentem antecedentes de doenças geniturinárias ou com hemorragia uterina anormal; • Em animais com falsa prenhez ou com antecedentes de falsa prenhez em alguns casos; • Em animais com anomalias reconhecíveis do sistema endócrino ou reprodutor, ninfomania ou períodos muito irregulares de ciclo; • Em animais com tumores mamários que podem ser estimulados sob a influência de atividade progestacional.

Precauções: • Em caso de detecção de hipersensibilidade ao produto, procurar imediatamente um Médico Veterinário juntamente com a bula. • Não aplicar o produto, em nenhuma hipótese, em caso de prenhez. • As cadelas não devem procriar antes do segundo ciclo normal depois da última administração de Vetacio.

  1. Indicado Cães Gatos
  2. Porte Pequeno, Médio e Grande
  3. Idade Adulto
  4. Marca Jofadel

: Injeção Anti-Cio Para Cachorros E Gatos Vetacio 1 ML Dose Única

Quanto tempo para o Anti-concepcional fazer efeito na gata?

Trinta dias após a injeção, o medicamento já está fazendo efeito.

Pode aplicar Anticion durante o cio?

POSOLOGIA E MODO DE USAR: – POSOLOGIA E FORMA DE APLICAÇÃO: AGITAR ANTES DE USAR. Aplicar Anticion pela via subcutânea, na dose de 1 mL por animal (que corresponde a 50 mg de acetato de medroxiprogesterona). A reaplicação do produto somente pode ser realizada após 6 meses da última aplicação para cadela e 4 meses para gatas.

  • O uso repetido e constante do produto não deve ser recomendado.
  • A aplicação deste fármaco pode promover alterações cutâneas locais permanentes (adelgaçamento da pele, perda de pelo, alteração da pigmentação) e, por isso, o produto deve ser, preferencialmente, aplicado em regiões pouco visíveis, como na parte interior da coxa ou na dobra interna do flanco.

Após a aplicação do produto, o retorno ao cio normal ocorre em média após 10 meses (podendo variar entre 5 e 22 meses). Entretanto, recomenda-se acasalar as fêmeas apenas depois do segundo cio normal após a aplicação do produto. APRESENTAÇÕES:

Caixa com 36 ampolas contendo 1 mL.Cartela contendo 1 ampola de 1 mL acompanhada de 1 seringa.

Conservar a temperatura ambiente (15°C a 30°C) ao abrigo da luz solar direta, fora do alcance de crianças e animais domésticos. Licenciado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento: 6.762/1999. Responsável Técnica Médica Veterinária: Dra. Thaís Marino Silva Girio CRMV/SP 17.469 CUIDADOS NA APLICAÇÃO/MANUSEIO: 1 – Este produto deve ser manipulado com cuidado por mulheres grávidas ou com suspeita de gravidez.2 – Evite contato com os olhos, pele e roupa.3 – Evite a inalação do produto. MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS: 1-Exposição acidental 1.1 Contato com a pele: lavar abundantemente com água 1.2 Autoinoculação: procurar orientação de um médico.1.3 Contato com os olhos: enxague os olhos com água pro pelo menos 15 minutos.

Quando é o primeiro cio da gata?

O primeiro cio de uma gata acontece quando ela atinge a puberdade, entre os 5 e 10 meses de idade. Essa fase reprodutiva dos gatos, também chamado de ciclo estral geralmente dura de 4 a 5 dias e, a menos que ela engravide, pode vir a ter vários cios com intervalos de 2 a 3 semanas.

Qual remédio corta o cio do gato?

Sinestar é indicado para evitar ou anular o cio na cadela ou gata; falsa gestação em cadelas; hipersexualidade do macho; adenoma de glândulas perianais; hipertrofia prostática do cão; tumores estrógeno dependentes na cadela; dermatite miliar felina; granuloma eosinofílico em gatos.

O que fazer para tirar o cio do gato?

Castração continua sendo o melhor remédio! Para evitar a gestação e os ciclos de cio, o mais indicado é recorrer à castração. O procedimento pode ser feito a partir dos três meses de vida.

O que acontece se aplicar injeção anticoncepcional na gata prenha?

Anticoncepcional Para Gatos- Quando Aplicar Esse é um assunto muito sério, porque existe uma enorme quantidade de tutores que fazem uso do anticoncepcional injetável (também conhecido como «anti-cio») simplesmente por desconhecimento, porque nunca ninguém (nem mesmo o próprio veterinário) os alertou sobre os perigos que essa droga comprovadamente representa.

  1. Obviamente que existem ainda aquelas pessoas que, mesmo sabendo dos riscos, insistem em fazer uso desse método contraceptivo por um motivo apenas: não querem gastar dinheiro com a castração.
  2. Pois essa economia vai sair muito cara na hora que tiverem que correr e tratar a cadela ou gata de uma infecção uterina ou de um câncer (isso se tratarem nécapaz que quererem economizar aí também).

Evitar uma cria indesejada é (ou deveria ser) uma das grandes preocupações dos donos de gatas e cadelas. A outra é o bem-estar do animal. Ambas entram em conflito quando o assunto são os métodos contraceptivos, em especial o uso de anticoncepcionais. O comportamento sexual dos animais em cio muitas vezes é extremamente desagradável para o proprietário.

A presença de sangramento vaginal, manchas pelo chão, odores, latidos, atração de machos e marcação do território fazem com que os proprietários busquem uma solução para esse incômodo. Sabe-se que muitas pessoas cometem o equívoco de usar anticoncepcionais, imaginando serem inofensivos, mas não é bem assim.

Tais medicamentos apresentam grande aceitação, pois são de baixo custo e podem ser encontrados facilmente em casas de rações e lojas do gênero, além de serem vendidos sem prescrição do médico veterinário, muitas vezes sendo aplicados pelo próprio tutor.

  1. Os anticoncepcionais são encontrados sob a forma de comprimidos ou injeções («vacinas»), e tendem a retardar ou suprimir a fase de aceitação sexual dos animais, além de incômodos como o sangramento das cadelas.
  2. A maneira mais utilizada é a injetável, e a dose varia de acordo com o peso do animal.
  3. Existe uma fase certa do ciclo do animal para se aplicar o anticoncepcional.
See also:  A Partir De Qual Temperatura Febre?

Na cadela, é mais fácil identificar essa fase, mas na gata, por ser um animal que apresenta vários cios por ano, é bem mais complicado. As pessoas aplicam a medicação sem saber o período certo, o que pode acabar ocasionando mais problemas. Muitos aplicam a medicação quando o animal já está no cio, o que é extremamente prejudicial para a saúde das mascotes. Anticoncepcional Para Gatos- Quando Aplicar tumores de mama causados pela aplicação contínua de anticoncepcional injetável O uso de anticoncepcionais é um dos principais causadores de aparecimento de tumores de mama, infecções uterinas e tumores uterinos e de ovário, além de predisporem a doenças endócrinas, como o hiperadrenocorticismo, e promoverem resistência insulínica, provocando o surgimento da diabetes mellitus,

  • Também pode ser observada falha, ausência ou descoloração do pelo no local da aplicação.
  • No caso da infecção de útero, o tratamento é a retirada do órgão de forma emergencial, antes que o animal entre no quadro de infecção generalizada, toxemia associada à insuficiência renal, colapso e morte.
  • Já nos casos de neoplasia mamária, a maioria é de origem maligna e somente o diagnóstico e o tratamento precoce podem salvar ou prolongar a vida do animal com câncer.

O tratamento é cirúrgico, associado ou não à quimioterapia. A única vantagem encontrada nesse método é o baixo custo. Há alguns anos, vários profissionais administravam anticoncepcionais para evitar que fêmeas tivessem cria. Os custos da cirurgia de castração eram muito altos e poucas pessoas podiam arcar com esse gasto.

Com o passar dos anos, inúmeros estudos desenvolvidos sobre esse assunto provaram que o custo-benefício dos anticoncepcionais para animais não é compensatório e, hoje, a cirurgia de castração é muito mais acessível e largamente indicada. É importante lembrar que, se por um lado o anticoncepcional aumenta a incidência de tumores nos animais, a castração, por sua vez, diminui a incidência de tumor de mama principalmente quando realizada antes do primeiro cio da gata.

Além dos tumores de mama, a castração precoce previne virtualmente quase todos os outros tumores e doenças relacionados ao sistema reprodutor em cadelas e gatas, uma vez que 80% dos tumores são hormônio-dependentes. Com uma única aplicação de anticoncepcional temos 70% de chance de desenvolvimento de algum tipo de neoplasia, e com duas aplicações, quase 100% de chance,

  • Por isso, NUNCA utilize contraceptivos injetáveis.
  • Fontes: http://www.petshopauqmia.com.br/2010/05/os-perigos-do-uso-de-anticoncepcionais-em-caes-e-gatos/ http://www.infoescola.com/medicina-veterinaria/contracepcao-em-cadelas/ http://blogs.diariodonordeste.com.br/bemestarpet/saude-animal/esterilizacao-sim-anticoncepcional-nao/ Consultoria: Dr.

Manoel Oliva Proença Netto, médico veterinário Fique à vontade para compartilhar os nossos textos, mas se for reproduzi-los em sua totalidade ou mesmo em parte, por favor mencione a fonte e coloque o link de redirecionamento. RESSALVA : Para escrever nossos posts pesquisamos muito, e confirmamos todos os dados conversando diretamente com especialistas veterinários.

Quanto tempo dura o cio de um gato?

Quanto tempo dura o cio? – O cio das gatas é bastante diferente do período reprodutivo de outros pets. Segundo o Dr. Rogério Rocha, «o estro dos felinos não é parte de um ciclo regular, como nas outras espécies: a duração e os intervalos mudam de acordo com o ambiente». Para uma gata entrar no cio, é necessário que haja gatos machos não castrados na região. Ao sentir o cheiro deles, o organismo da gata começa a se preparar para a reprodução. Vale ressaltar que geralmente o cio dura entre 5 e 20 dias, mas isso pode mudar a partir dos estímulos ambientais.

Pode aplicar Inibidex durante o cio?

Cadelas: A aplicação deverá ser feita durante a fase de anestro, isto é, do 3° ao 5° mês após o cio ou do 1° ao 3° mês após o parto. Intervalo de 6 meses entre as aplicações.

O que acontece se aplicar anticoncepcional na gata no cio?

Anticoncepcional para gatos prejudica a saúde do animal – Uma pergunta bem comum entre os pais de pet de primeira viagem é se pode dar injeção anticoncepcional no gato no cio, mas a resposta para isso é não. Mesmo que essa pareça uma boa solução a curto prazo, esse tipo de medicamento não é aconselhável em hipótese alguma, porque pode trazer sérias consequências.

  • Essa prática oferece perigos graves para a saúde do animal.
  • Alguns dos principais riscos de aplicar a injeção para cio de gato são: infecções uterinas, tumores mamários e ovarianos, além de desequilíbrio hormonal e hiperplasia mamária benigna «, alerta Luciana.
  • Então embora existam opções de vacina do cio para gatos, essa não é a alternativa mais indicada para conter o período do cio porque acaba prejudicando a saúde do gato de diferentes formas.

Se a ideia é evitar que a gata entre no cio, o ideal é conversar com um médico veterinário de confiança para entender qual é a melhor saída para resolver o problema. Anticoncepcional Para Gatos- Quando Aplicar Melhor do que o anticoncepcional para gatos, a castração é mais segura e traz vários benefícios para o animal

Pode dar anticoncepcional na gata no cio?

O ideal é que não se utilize anticoncepcionais em cadelas e gatas.

Pode dar inibidor de cio durante o cio?

Inibidor de Cio Anticion para Cadelas e Gatas – UCB/VET Anticion é indicado como inibidor do estro em cadelas e gatas nas seguintes condições: quando uma possível gestação acarretar risco de vida para o animal; quando houver riscos cirúrgicos para uma ovariohisterectomia.

  1. INFORMAÇÕES GERAIS: Anticion é um agente inibidor de estro à base de medroxiprogesterona, um análogo sintético da progesterona.
  2. Sua ação contraceptiva ocorre pela diminuição da frequência dos pulsos de hormônio liberador da gonadotrofina (GnRH) e pela redução na liberação dos hormônios luteinizantes (LH) e folículo estimulante (FSH), essenciais na maturação dos folículos e na ovulação.

INDICAÇÕES E ESPÉCIES: O Anticion é indicado como inibidor do estro (cio) em cadelas e gatas nas condições em que a gestação pode acarretar risco de morte para o animal, quando houver riscos cirúrgicos para uma castração ou em casos em que não há como evitar o contato entre a fêmea e o macho.

O produto não é indicado para o controle permanente do cio e não deve ser utilizado em cadelas gestantes ou quando há suspeita de gestação. O produto é indicado somente a partir do segundo cio do animal, quando a fêmea já passou da fase de puberdade. Por questões de segurança e eficácia, o produto somente pode ser aplicado durante a fase de anestro do ciclo reprodutivo da fêmea.

Por isso, o diagnóstico correto dessa fase é fundamental e deve ser realizado pelo médico veterinário por meio de anamnese, exame físico e citologia vaginal. POSOLOGIA E FORMA DE APLICAÇÃO: AGITAR ANTES DE USAR. Aplicar Anticion pela via subcutânea, na dose de 1 mL por animal (que corresponde a 50 mg de acetato de medroxiprogesterona).

A reaplicação do produto somente pode ser realizada após 6 meses da última aplicação para cadela e 4 meses para gatas. O uso repetido e constante do produto não deve ser recomendado. A aplicação deste fármaco pode promover alterações cutâneas locais permanentes (adelgaçamento da pele, perda de pelo, alteração da pigmentação) e, por isso, o produto deve ser, preferencialmente, aplicado em regiões pouco visíveis, como na parte interior da coxa ou na dobra interna do flanco.

Após a aplicação do produto, o retorno ao cio normal ocorre em média após 10 meses (podendo variar entre 5 e 22 meses). Entretanto, recomenda-se acasalar as fêmeas apenas depois do segundo cio normal após a aplicação do produto. CONTRAINDICAÇÕES: Devido aos efeitos deletérios conhecidos do acetato de medroxiprogesterona em cães e gatos, o seu uso contínuo para o controle permanente do estro não é recomendado, pois há risco de desenvolvimento de neoplasia mamária, hiperplasia mamária, alterações uterinas diversas (hiperplasia cística, endometrite, piometra e mucometra), alterações hepáticas e distúrbios metabólicos, como diabetes mellitus.

O acetato de medroxiprogesterona também suprime a função adrenocortical, a medula óssea e o sistema imune. As alterações citadas acima observadas após a aplicação de uma única dose também podem ocorrer. Nestes casos, o produto não deve ser reaplicado e o médico veterinário deverá ser consultado. Em situações de necessidade de controle permanente de estro (cio), o médico veterinário deve alertar o proprietário sobre os riscos do uso contínuo do produto e sugerir outras medidas clínicas ou cirúrgicas para evitar a prenhez do animal.

Não utilizar em fêmeas gestantes ou com suspeita de gestação. O uso do produto em cadelas prenhes promove alteração no desenvolvimento dos fetos e prolongamento da gestação, com risco de morte da mãe e dos filhotes. Não utilizar o produto em cadelas/gatas com histórico ou caso de pseudogestação (falsa prenhez) ou em fêmeas lactantes.

Não utilizar o produto em animais com tumores mamários, hiperplasia mamária, doenças genitourinárias, diabetes mellitus, hepatopatias, corrimento vaginal anormal ou persistente, hemorragia uterina ou em qualquer outro distúrbio endócrino, hepático, pancreático ou reprodutor. Não utilizar o produto antes da puberdade, sendo recomendado utiliza-lo somente após o segundo cio.

Não utilizar em cadela/gatas destinadas à reprodução. Não utilizar o produto em cadelas com prolongamento de cio. O produto não deve ser aplicado durante o proestro, estro e metaestro. Por isso, o diagnóstico do ciclo estral deve ser feito por um médico veterinário.

  • EFEITOS COLATERAIS E PRECAUÇÕES: Antes de iniciar o tratamento, o médico veterinário deve avaliar a saúde do animal, especialmente dos órgãos sexuais, glândulas mamárias, fígado, pâncreas e rins.
  • A mesma medida deve ser realizada antes de possíveis reaplicações do produto.
  • Em animais mais velhos, recomenda-se o monitoramento frequente, especialmente do sistema hepático, renal e pancreático.
See also:  Onde Est Passando Jogo Do Flamengo?

O acetato de medroxiprogesterona pode induzir a ocorrência de: • neoplasias mamárias, hiperplasia das glândulas mamárias. • alterações genitourinárias e distúrbios uterinos, incluindo hiperplasia endometrial cística, endometrite, mucometra ou piometra.

• alterações hepáticas e metabólicas, como o diabetes mellitus e supressão da função adrenocortical. Esta supressão pode ser severa e prolongada mesmo após a administração de baixas doses. • aumento da ingestão de água (polidipsia), do apetite (polifagia), ganho de peso, letargia e alterações de comportamento (depressão).

• supressão da medula óssea e do sistema imune. • acromegalia em cães, em virtude do aumento da produção do hormônio de crescimento. Em virtude das alterações anteriores e dos efeitos prolongados do produto, os animais tratados devem ser monitorados pelo médico veterinário.

Na ocorrência de qualquer um desses efeitos, o animal deve ser levado a um médico veterinário. Nestes casos, o produto não deve ser reaplicado. CUIDADOS NA APLICAÇÃO/MANUSEIO: 1 – Este produto deve ser manipulado com cuidado por mulheres grávidas ou com suspeita de gravidez.2 – Evite contato com os olhos, pele e roupa.3 – Evite a inalação do produto.

MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS: 1 -Exposição acidental 1.1 Contato com a pele: lavar abundantemente com água 1.2 Autoinoculação: procurar orientação de um médico.1.3 Contato com os olhos: enxague os olhos com água pro pelo menos 15 minutos. Se persistir irritação, procure um médico.1.4 Ingestão: nunca dê nada via oral a uma pessoa inconsciente.

Quando dar injeção anti cio?

Quando aplicar o Anticion? –

  1. Recomenda-se acasalar as fêmeas somente após o retorno do segundo cio.
  2. Dose Cadela ou Gata
  3. 1mL (50mg de acetato de medroxiprogesterona), independente do peso da fêmea.
  4. Em geral nas Cadelas

Aplicar Anticion 4-5 meses após o cio ou 1-2 meses após o parto. Intervalo de 5/6 meses entre as aplicações. Em Gatas Aplicar 2-4 semanas após o cio ou 15-20 dias após o parto. Para controle permanente do estro em gatas, aplicar a cada 4 meses, principalmente na época do verão.

Como saber se o gato está no cio?

Sintomas do cio – Se você está com medo de conviver com o cio de uma gata em casa sem saber, não se preocupe, pois os sinais do estro nas bichanas são bem fáceis de identificar. Uma gata no cio tem sintomas como:

comportamento dengoso; carência e busca por atenção; micção mais frequente; urina com odor forte e fora da caixa; miados altos, principalmente durante a noite;

O primeiro sinal é o comportamento dengoso bem evidente: as gatas costumam rebolar e se esfregar no chão, deixando a genitália bem exposta. Apesar de todo mundo adorar dar um afago ao pet, durante o estro, ele pode ser um pouco incômodo. Além de excessivamente dengosas, as gatas às vezes apresentam sangramento.

Quanto tempo demora para o anti cio fazer efeito?

O efeito do inibidor dura até 4 meses pra gatinha ou 6 meses na cachorrinha.

Quantas vezes por ano o gato entra no cio?

Quanto tempo dura o cio do gato? – O cio das gatas ocorre de forma cíclica, porém, sua duração depende de muitos fatores. A primeira fase, o proestro, é uma fase curta, durando de 1 a 2 dias, apenas. A duração do estro dependerá da gata ter ou não copulado: quando há cópula, o estro dura menos (cerca de 4 a 6 dias), já quando não há cópula, o período se estende por mais tempo (de 10 a 14 dias).

A partir dessa fase, a duração do cio da gata irá depender se houve ou não fecundação, ou seja, se a gata após passar pelo cio ficou prenha ou não. Quando a gata fica prenha, o período da gestação se estende por, aproximadamente, dois meses. Quando não há fecundação, consequentemente, a gata não está prenha.

Assim sendo, entre 3 e 16 dias ela não estará mais produzindo hormônios sexuais. Desse modo ela acaba chegando no seu anestro, que irá durar até o início do seu próximo ciclo. As gatas ficam no cio durante o ano inteiro, aproximadamente a cada dois meses, quando não há gestação.

See also:  Como Saber Que Estou Com Anemia?

Quando a gata está no cio ela sangra?

Sintomas do cio – Se você está com medo de conviver com o cio de uma gata em casa sem saber, não se preocupe, pois os sinais do estro nas bichanas são bem fáceis de identificar. Uma gata no cio tem sintomas como:

comportamento dengoso; carência e busca por atenção; micção mais frequente; urina com odor forte e fora da caixa; miados altos, principalmente durante a noite;

O primeiro sinal é o comportamento dengoso bem evidente: as gatas costumam rebolar e se esfregar no chão, deixando a genitália bem exposta. Apesar de todo mundo adorar dar um afago ao pet, durante o estro, ele pode ser um pouco incômodo. Além de excessivamente dengosas, as gatas às vezes apresentam sangramento.

Quantas vezes por mês uma gata entra no cio?

Sua gata está agindo de forma estranha, e você está se perguntando: «Como sei se minha gata está no cio?» Existem sete sinais. Você sabe o que é o cio? Esse termo tão popular refere-se ao período fértil da gata, que é o momento em que ela está pronta para acasalar.

Quanto tempo dura o período de cio do gato?

Quanto tempo dura o cio? – O cio das gatas é bastante diferente do período reprodutivo de outros pets. Segundo o Dr. Rogério Rocha, «o estro dos felinos não é parte de um ciclo regular, como nas outras espécies: a duração e os intervalos mudam de acordo com o ambiente». Para uma gata entrar no cio, é necessário que haja gatos machos não castrados na região. Ao sentir o cheiro deles, o organismo da gata começa a se preparar para a reprodução. Vale ressaltar que geralmente o cio dura entre 5 e 20 dias, mas isso pode mudar a partir dos estímulos ambientais.

O que acontece se aplicar injeção anticoncepcional na gata prenha?

Anticoncepcional Para Gatos- Quando Aplicar Esse é um assunto muito sério, porque existe uma enorme quantidade de tutores que fazem uso do anticoncepcional injetável (também conhecido como «anti-cio») simplesmente por desconhecimento, porque nunca ninguém (nem mesmo o próprio veterinário) os alertou sobre os perigos que essa droga comprovadamente representa.

  1. Obviamente que existem ainda aquelas pessoas que, mesmo sabendo dos riscos, insistem em fazer uso desse método contraceptivo por um motivo apenas: não querem gastar dinheiro com a castração.
  2. Pois essa economia vai sair muito cara na hora que tiverem que correr e tratar a cadela ou gata de uma infecção uterina ou de um câncer (isso se tratarem nécapaz que quererem economizar aí também).

Evitar uma cria indesejada é (ou deveria ser) uma das grandes preocupações dos donos de gatas e cadelas. A outra é o bem-estar do animal. Ambas entram em conflito quando o assunto são os métodos contraceptivos, em especial o uso de anticoncepcionais. O comportamento sexual dos animais em cio muitas vezes é extremamente desagradável para o proprietário.

  1. A presença de sangramento vaginal, manchas pelo chão, odores, latidos, atração de machos e marcação do território fazem com que os proprietários busquem uma solução para esse incômodo.
  2. Sabe-se que muitas pessoas cometem o equívoco de usar anticoncepcionais, imaginando serem inofensivos, mas não é bem assim.

Tais medicamentos apresentam grande aceitação, pois são de baixo custo e podem ser encontrados facilmente em casas de rações e lojas do gênero, além de serem vendidos sem prescrição do médico veterinário, muitas vezes sendo aplicados pelo próprio tutor.

  • Os anticoncepcionais são encontrados sob a forma de comprimidos ou injeções («vacinas»), e tendem a retardar ou suprimir a fase de aceitação sexual dos animais, além de incômodos como o sangramento das cadelas.
  • A maneira mais utilizada é a injetável, e a dose varia de acordo com o peso do animal.
  • Existe uma fase certa do ciclo do animal para se aplicar o anticoncepcional.

Na cadela, é mais fácil identificar essa fase, mas na gata, por ser um animal que apresenta vários cios por ano, é bem mais complicado. As pessoas aplicam a medicação sem saber o período certo, o que pode acabar ocasionando mais problemas. Muitos aplicam a medicação quando o animal já está no cio, o que é extremamente prejudicial para a saúde das mascotes. Anticoncepcional Para Gatos- Quando Aplicar tumores de mama causados pela aplicação contínua de anticoncepcional injetável O uso de anticoncepcionais é um dos principais causadores de aparecimento de tumores de mama, infecções uterinas e tumores uterinos e de ovário, além de predisporem a doenças endócrinas, como o hiperadrenocorticismo, e promoverem resistência insulínica, provocando o surgimento da diabetes mellitus,

Também pode ser observada falha, ausência ou descoloração do pelo no local da aplicação. No caso da infecção de útero, o tratamento é a retirada do órgão de forma emergencial, antes que o animal entre no quadro de infecção generalizada, toxemia associada à insuficiência renal, colapso e morte. Já nos casos de neoplasia mamária, a maioria é de origem maligna e somente o diagnóstico e o tratamento precoce podem salvar ou prolongar a vida do animal com câncer.

O tratamento é cirúrgico, associado ou não à quimioterapia. A única vantagem encontrada nesse método é o baixo custo. Há alguns anos, vários profissionais administravam anticoncepcionais para evitar que fêmeas tivessem cria. Os custos da cirurgia de castração eram muito altos e poucas pessoas podiam arcar com esse gasto.

  • Com o passar dos anos, inúmeros estudos desenvolvidos sobre esse assunto provaram que o custo-benefício dos anticoncepcionais para animais não é compensatório e, hoje, a cirurgia de castração é muito mais acessível e largamente indicada.
  • É importante lembrar que, se por um lado o anticoncepcional aumenta a incidência de tumores nos animais, a castração, por sua vez, diminui a incidência de tumor de mama principalmente quando realizada antes do primeiro cio da gata.

Além dos tumores de mama, a castração precoce previne virtualmente quase todos os outros tumores e doenças relacionados ao sistema reprodutor em cadelas e gatas, uma vez que 80% dos tumores são hormônio-dependentes. Com uma única aplicação de anticoncepcional temos 70% de chance de desenvolvimento de algum tipo de neoplasia, e com duas aplicações, quase 100% de chance,

  1. Por isso, NUNCA utilize contraceptivos injetáveis.
  2. Fontes: http://www.petshopauqmia.com.br/2010/05/os-perigos-do-uso-de-anticoncepcionais-em-caes-e-gatos/ http://www.infoescola.com/medicina-veterinaria/contracepcao-em-cadelas/ http://blogs.diariodonordeste.com.br/bemestarpet/saude-animal/esterilizacao-sim-anticoncepcional-nao/ Consultoria: Dr.

Manoel Oliva Proença Netto, médico veterinário Fique à vontade para compartilhar os nossos textos, mas se for reproduzi-los em sua totalidade ou mesmo em parte, por favor mencione a fonte e coloque o link de redirecionamento. RESSALVA : Para escrever nossos posts pesquisamos muito, e confirmamos todos os dados conversando diretamente com especialistas veterinários.

Qual remédio corta o cio do gato?

Sinestar é indicado para evitar ou anular o cio na cadela ou gata; falsa gestação em cadelas; hipersexualidade do macho; adenoma de glândulas perianais; hipertrofia prostática do cão; tumores estrógeno dependentes na cadela; dermatite miliar felina; granuloma eosinofílico em gatos.